João das Alagoas

Dos 59 anos de idade, mais da metade são dedicados à arte de esculpir. Trinta anos de artesanato que começaram com a venda de peças em Maceió e hoje o trabalho na cerâmica é exposto em museus da Bahia, São Paulo e até fora do país, como no México. E João Carlos da Silva, nome de registro, não quer parar nem tão cedo.